terça-feira, 2 de setembro de 2008

Aventuras inimagináveis no mundo de Maria Fernanda - capítulo 9

Momento inédito na minha vida: eu sentada na terra, de luvas, com uma pá e um rastelinho, plantando flores no meu jardim.
Hj, com a instrução da minha patroa que só ri de mim, óbvio, plantei uma variedade de folhinhas verde que possivelmente vao virar daffodils e uma outras florzinhas roxas.
Já sou praticamente uma latifundiária: tenho um jardim de 1,5m². No meio tem um toco e uma árvore que no momento está seca, mas aguardamos ansiosamente a volta das folhas. Da próxima vez que for a Oamaru, vou passar na seção de gardening da Mitre 10 Mega e comprar uma variedade de vegetais plantáveis, sementes, acessórios, tamancos, luvas, regadores lindos. Umas ervas, umas alfaces, umas árvores, um abacateiro, um limoeiro e uma mangueira. Uma bananeira!!! OK, é só 1,5m², melhor ficar só nas florzinhas.
Por aqui, o pessoal leva seus jardins muito a sério. Se vc visse o tamanho das seções de jardinagem das lojas ia entender.
Acho que o sol está me afetando mais do que imaginava: hj de manhã, depois de alimetar as crianças, me enfiei na legging, roubei uma camiseta do Ro e saí para andar e correr pela fazenda, feliz com meu Mp3.

Estou cansada, mas me sentindo realizada com meu jardim. Vou tirar fotos do processo.
E se alguém quiser saber, vou dedicar meu recém-descoberto talento (?? depois eu conto se as coisas ficaram vivas) à minha vó, pq lembro dela mexendo nas jardineiras em Cajuru. Espero ter herdado o dedo verde...

2 comentários:

Tati disse...

Sim, o povo aqui leva seus jardins muito a sério. Nota-se pelo jardim da Dawn, em que tudo - desde bota até privada - vira vaso de flores.

absintovoce disse...

Excelente! Quero fotos. E vivam as aulas de Brasil Colonial.
Hum?

=)