segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Soldadinho de chumbo

O Rô comprou uma arma. Sim, uma espingarda. De chumbinho. Juro!
Ele tem essa fascinação não mto saudável, mas acho que eu já disse aqui que ele atira bem, pra quem não tem mta prática.
Essa arma que agora possuímos é potente o suficiente pra matar coelhos, possums, patos e até magpies (pássaro malvado preto e branco que atacam as pessoas), como eu fiquei sabendo em primeira mão essa semana, lá pelas 7h da madrugada, quando ele me acordou aos pulos de alegria pq tinha conseguido acertar um.
Os gatos até agora se safaram, graças a Deus. Mas os vasos, baldes, latas, pedaços de cartolina que se encontram nos postes da cerca aqui de casa, esses tiveram um destino de tortura e morte lenta.

Um comentário:

kiko disse...

Filha Linda
Ainda bem que os kiwis não conhecem o nosso famigerado sedex, que me lembrou história do menino pobre que escreveu uma carta super-emotiva ao Papai Noel, pedindo mil reais porque a situação na casa dele era crítica.
O pessoal da repartição dos Correios se emocionou com a cartinha do menino, fez uma vaquinha, conseguiu arrecadar 500 reais e enviou-os ao menino, que respondeu ao Papai Noel:
- Querido Papai Noel! Que alegria tive ao ver meu pedido atendido. Pena que o pessoal dos Correios me roubou a metade. Mas da sua parte valeu!