sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Mistérios inexplicáveis

Quando eu saí do Brasil, a gasolina custava em média $2.50 o litro (2.7 nos Jardins, 2.30 no centro). Quando eu cheguei aqui, a gasolina custava por volta de $1.78 (em todos os postos -Bp, Shell, Caltex, Challenge - é o mesmo preço.). Foi aumentando gradualmente até atingir a marca de $2.40 há uns 3 meses atrás. Nós não nos abalamos muito, pq afinal, acompanhamos o preço do barril e pq viemos do Brasil e sabemos que o combustível é caro mesmo. Aí aconteceu o inexplicável.

Ela começou a baixar.

Ontem, depois de enchermos o tanque lógico, a gasolina baixou de $1,899 para $1,819. É engraçado pq é sempre de um dia pro outro e não é uma diminuição simbólica. É real e palpável.
Eu fico besta. Não conheço esse processo de diminuição de preços, só aumento, aumento, aumento.
Aqui, de vez em quando eu escolho uma coisa na warehouse por x dólares. Aí chego no caixa e o preço é y dólares. Sempre mais baixo. E não tem nenhum cartaz avisando que está em liquidação. É simplesmente mais barato. Por exemplo, fui lá e escolhi uma camisola muito simpática com uma vaquinha, escrito embaixo "Grumpy Cow". A etiqueta dizia $12,99, que pra mim já tava excelente. Cheguei no caixa, batata: $9,99. E o pingente (já mencionado) de coração de prata que eu comprei na liquidação. O cartaz dizia $15, eu estava dando pulinhos de alegria. Passei no caixa, pimba: $9,00!!!!! Quase abracei a vendedora!

Eu, que já sou suficientemente consumista, estou no paraíso!!

2 comentários:

kiko disse...

Filha
Que maravilha!
Posso contar isso para o Lula?
Só não entendi os dizeres da camiseta, pois grumpy pode ser traduzido como "irritável".
É isso mesmo?
Fomos ver o "Madre". Que beleza!
Beijo e amo você.
Kiko Mazzioti

Mariana Fatima disse...

Oi Fê,

Passei pelo sei blog hj.
Saudades!!!!

Bjos
Mari Gama