sábado, 5 de abril de 2008

A vida em Londres


Quarta feira, depois de muita ralacao, aproveitamos o day off do Juliano e fomos para ChristChurch, que a partir de agora para a alegria desta que vos fala, sera abreviada para Chc, pq ninguem merece.Saimos tarde daqui, mas tudo bem, sao so 90km e nem nos perdemos.

Acho que foi um dos dias mais frios que pegamos ate agora, um vento cortante mesmo no sol. Mas que sol: o ceu estava azulzinho, as arvores ja mudando de cor (e taaao interessante descobrir que alguns paises realmente tem mudancas de estacao), a cidade e limpa, organizada, arborizada, nao muito florida pelo motivo ja supra-citado.
Nao andamos muito, ficamos principalmente na Cathedral Sq, que tem uma feirinha, umas ruas comerciais, uns pontos turisticos. Igualzinho a Praca da Se hehehe

Comemos o melhor cachorro-quente EVER, com um pao baguette e uma salsicha bratwurst de verdade, mostarda, maravilhoso. So de lembrar ja estou babando.
Ah, a decepcao do ano: comi fish`n chips e voces nao vao acreditar! E fish e fries. Peixe empanado e frito e batata frita gordinha, normal. Serio, o peixe da Zilma da de 10 a zero!! Esse era sem gosto, sem sal, sem graca, sem nada!
Mas a diversao era ver as gaivotas (o pais e tao desenvolvido que em vez de pomba, tem gaivota na rua. Juro) juntando em volta e a gente fingindo atirar batata. Elas tentavam voar um pouquinho, arrulhavam (??), e balancavam a cabeca, que nem cachorro. Fiquei horas nessa brincadeira, rolando de rir.

Ja mencionei que aqui na Nz tem banheiros publicos? Muitos, e perfeitamente limpos e totalmente condizentes com o ambiente, construcoes de verdade, nada daquelas coisas portateis? E de graca. Adoro a civilizacao.

Enfim, chc foi um passeio excelente, uma cidade deliciosa, que supostamente tem uma praia mas nao deu pra ir.Mas tudo bem, porque com certeza voltaremos la.

4 comentários:

Mazziotti disse...

Tenho orgulho de voces.
Sò gente inteligente, culta e sensível que sabe olhar o mundo como voces.
vosso
Tio Zézi

kiko disse...

Fê & Rodrigo
Vocês desistiram do Skype?
Gostaríamos de ouvir, de viva-voz, a história do levantamento de feno.
Parece que, mesmo na fazenda, a vida por aí está um turbilhão, que poderia ser melhor narrado pelo telefone.
Eu e sua mãe estamos tentando desesperadamente fazer o microfone e a câmera funcionarem (sua mãe arrumou outra santa de devoção: a Santa Ifigênia! He he) mas isso não faz diferença, porque conseguimos ver e ouvir vocês. E você sabe que escrevo muito rapidamente e vocês não precisam nos ver, pois nossos sinais de fadiga são evidentes. Sniff.
Fiquem com Deus e com nossa amizade.

lillymel28 disse...

Fêêêêê,

Vc sabe que eu sou a que menos tem acesso ao computer aqui em casa, né?!?! E que a minha net é lenta e que não sou uma assídua frequentadora, né?!
Bom, mas o mais importante é que vou tentar sempre me atualizar com suas aventuras a fim de saber se vc está bem...
Aproveite TUDO!!! Comida, viagens, amizades, paisagens... Estou torcendo pelo seu sucesso!!!

Bjinhos saudosos

Lili

Mazziotti disse...

Por favor
Atualizações mais rápidas e constantes...ficamos no aguardo de notícias...se têm feito coco, comido direito...coisas de tio...familia é foda.
beijos