terça-feira, 18 de agosto de 2009

A foggy day

Hj, folga do Gordo, fomos pra Chch com um excelente propósito: levar a minha papelada do visto e colocar na caixa.
Antes, precisávamos tirar uma cópia autenticada do passaporte dele e de uma assinatura de um juiz de paz num dos formulários, então nos dirigimos à Courthouse, no centro, bem pertinho da imigração. A velhinha da porta era uma fofa e nos encaminhou à outra velhinha, a juíza de paz, que me parecia muito em paz mesmo, no meio do buxixo (ou buchicho??) de pessoas resolvendo suas pendengas com a justiça. Nada de confusão, só bastante gente esperando ser chamada e seus advogados com crachás.
A outra velhinha também era uma fofa e resolveu tudo num instante, voltando logo à paz do seu livro e ao seu colar de pedras coloridas.

Resolvido isto, papéis na caixa, ai meusantoantonio e minhanossasenhoradesatadora me ajuda a desatar isso logo, almoço no japonês. Dou um petrol voucher* para quem adivinhar o que eu fiz depois, ali, no meio da praça.

Patinei no gelo. Num rinque de patinação quase vazio, exceto por um casal fotógrafo e uma dupla de meninas. O Gordo ficou de fora, só espiando, pq a nossa primeira experiência no gelo em Monte Verde, MG, há mil anos atrás, não foi tão legal pra ele. Mas pra mim foi demais de divertido e bastante cansativo tbm. O gelo estava bem gasto e irregular e eu estava meio medrosa, então demorei pra largar a barra e não desenvolvi tanto assim, mas consegui voltas inteiras sem segurar e não caí nem uma vezinha.

Adorei mto e fiquei com dó que o rinque vai ser desmontado logo logo, mas me senti vingada de não ter ido esquiar ainda. Mas deixe estar que nós vamos, afinal, agora eu sou a feliz proprietária de um snowboard completo! Seria uma desfeita pra Carola não mandar nenhuma fotinho esquiando né??

O resto do dia foi chuvoso e feio, mas repleto de memórias d'antanho, de um tempo de piscinas, sítios, escola, família distante e distante.




*Petrol voucher: cupom de desconto recebido a cada compra acima de $40 dólares nos supermercados. Varia bastante, mas normalmente, o desconto é de 4 centavos por litro de combustível. Tem vezes que chega a 15 centavos por litro de desconto, para compras acima de $200 dólares. Só alegria!

Um comentário:

kiko disse...

Filha
O Rodrigão deveria ter filmado você tentando se equilibrar na pista, para compartilhar conosco os momentos de diversão que ele e você tiveram. Beijo e amo você.
Kiko